Programa 0 - Sete Maravilhas de Portugal e do Mundo

 
Dia: Quarta-feira, 04 de Julho de 2007
Locutores: Pedro Nobre & Rute Antunes
Convidada: Crisália Toscano
Músicas Passadas: Mariza - "Chuva", Alessandro Safina - "Luna", Camané - "Se ao menos houvesse um dia", Dulce Pontes - "Canção do Mar", Sarah Brightman e José Carreras - "Amigos para Siempre", Carlos do Carmo - "Canoa".





Hoje, foi a emissão 0 (a primeira) de muitas que iremos ter pela frente. O sinal horário já soava a indicar as 23h00... e em breve iríamos entrar no ar com o nosso sonho que tem como nome NA ESCURIDÃO DA NOITE. Quando ouvimos a apresentação do nosso programa os nervos, que já existiam à flor da pele, aumentaram para o triplo... até parecia que os nossos corações saltavam com tanta emoção pela nossa estreia. Mas agora já não podíamos abandonar o barco... e iniciamos com a grande fadista Mariza com a sua "Chuva", numa noite límpida que teve a honra de iniciar esta grande cruzada!

Cumprimentou-se o auditório, e passou-se ao que seria o motivo que nos levou a iniciar o programa a 4 de Julho de 2007...a eleição das 7 maravilhas de Portugal e das novas 7 maravilhas do Mundo.

No que se refere a escolhas pessoais, O Pedro, adoraria visitar a monumental Muralha da China, enquanto que a Rute preferia o Taj Mahal e assim lançamos o repto para que todos os ouvintes fossem votar numa das maravilhas.

Entretanto entraram em contacto (via telefone) connosco as nossas amigas habituais a Luísa Zacarias que nos leu um poema de título "Noite" e a Graça outro.

Mas o programa zero, tinha de ter um convidado, neste caso uma convidada muito especial...a nossa madrinha Crisália Toscano que tivemos a honra da sua presença!

Entrevista de Pedro Nobre & Rute Antunes a Crisália Toscano (23h42):

Na Escuridão Da Noite: Nós sempre tivemos a curiosidade em saber o que é pensaste quando nos viste pela primeira vez entrar pela aquela porta?

Crisália Toscano: O que pensei?! Bom, eu já conhecia o Pedro através da net e a menina é que não, a afilhada não. De maneira que não foi surpresa nenhuma porque que já contactava com o outro afilhado a algum tempo, talvez meses, até que ele se encheu de coragem e aproximou-se e veio ter com a madrinha, portanto não foi grande surpresa…

NEDN: Crisália, gostávamos também de te perguntar como é começaste na rádio?

Crisália Toscano: Comecei quase meninina, com trancinhas e tudo (a menina da rádio), comecei com quinze anos, nessa altura, nessa época, nesses anos eu não vou aqui dizer senão vão dizer é uma velha e é melhor as pessoas não saberem a idade... Nessa época era difícil os jovens terem acesso à rádio não como agora e de maneira que eu com quinze anos ainda andava a estudar, fazia programa para jovens estudantes no tempo das férias, e foi assim que me iniciei.

NEDN: E podes nos dizer qual é que foi o programa mais divertido ou que gostaste mais ao longo destes anos?

Crisália Toscano: Sinceramente, não posso precisar porque eu já fiz vários, eu já fiz inclusive programas desportivos, já fui pivot de programas desportivos, que supostamente são mais para homens, já fiz programas de tauromaquia, já fiz programas infantis, já fiz teatro radiofónico, rádionovela, já fiz de tudo um pouco é tudo gratificante, e foi tudo bom e não vou enumerar nenhum…

NEDN: De todas as experiências que tiveste, se tivesses a possibilidade de repetir uma, ou desses programas que realizaste, qual é que voltarias a faze-lo?

Crisália Toscano: Gostei muito, como sabem a maior parte dos ouvintes, eu comecei a fazer rádio em Moçambique, gostei muito de fazer um programa em que eu fazia mais a parte técnica, mais como pivot e gestão do programa, um programa feito com os diversos dialectos que havia em Moçambique e em que se falava também em o português à mistura e com muita música, marrebentas, muita música nativa. Foi um programa que me fascinou muito e gostei muito de fazer… agora tenho aproveitado e tenho feito aqui, apesar de não ser alentejana, fazer muitos programas relacionados com o Alentejo, divulgando os diversos grupos e as diversas festas que também fiz no baixo Alentejo a divulgar, ainda não havia gravações de artistas locais, eu gravava e transmitia os primeiros fadistas da região com um encontro de fados e diversas festas, eu não gosto muito estar a falar de coisas que fiz, não gosto, sinceramente não e tinha prometido que não iria falar aqui destas coisas.

NEDN: E qual era o convidado ou a convidada que gostavas de ter neste teu programa “Regresso ás Raízes”? E não vale dizer Pedro Nobre e Rute Antunes…

Crisália Toscano: Isso surge com as oportunidades, ainda esta semana tive o privilégio de falar com uma senhora que convidei e a senhora disponibilizou-se para vir aqui ao programa, porque hoje em dia, eu também fiz um programa sobre profissões em vias de extinção, e que as tais parteiras ao domicilio eram as madrinhas dessas crianças que nasciam de maneira que hoje em dia as crianças quase não nascem em casa, a maior parte delas vai nascer aos hospitais e essa senhora tem cinco filhos e todos nasceram em casa, tem esse privilégio e é um boa entrevista nós falarmos sobre esse assunto e ela vai ser minha convidada numa das próximas emissões.

NEDN: Podias dizer-nos qual foi o teu percurso pela Rádio Telefonia do Alentejo? Para nós ficarmos mais sabedores de ti com o teu percurso desta rádio que iniciamos hoje o nosso e também para alguns novos ouvintes que nos ouçam através da Internet fiquem a conhecer um mais da nossa madrinha é um pouco nesse intuito que entrevista foi feita e pensada para hoje…

Crisália Toscano: Esta Rádio antes de se chamar rádio Telefonia do Alentejo, foi rádio Meridional, eu também colaborei durante cerca de dois anos e tal e aqui já na RTA fiz o raízes durante vários anos, creio oito a nove anos não sei precisar, também colaborei com Horas de Felicidade, durante quatro anos e agora Regresso ás Raízes com Helena de Carvalho e Silva.

NEDN: Tens algum conselho para dares aos teus afilhados?

Crisália Toscano: ah isso vos tenho dado em off, muitos, e espero poder continuar a dar-vos conselhos. Sobretudo, humildade, muita calma, não pensarmos saber tudo, nós estamos sempre a aprender, é uma das coisas principais, estamos sempre a aprender no dia-a-dia, eu aprendo convosco todos os dias e vós aprendeis comigo e com todos os que nos rodeiam.

NEDN: Obrigado Crisália. És a nossa grande madrinha nunca iremos esquecer de tudo o tens ensinado e que irás ensinar, és a madrinha do coração que iremos sempre recordar e hoje falar no futuro, esperamos de daqui a muitos, muitos, muitos anos ainda estejamos a fazer rádio e continuemos a recordar Crisália Toscano, aquela senhora, aquela menina da rádio que nos deu a mão e que nos puxou para este mundo de sonho.

Quando andávamos em estágio no programa “Regresso às Raízes” tínhamos lançado um desafio à nossa madrinha em escrever poesia… e qual o nosso espanto quando nos leu estes dois poemas, um chamado de " Dedicatória" e outro de " Fontes".


Um bem-haja a todos sem excepção,

Pedro Nobre & Rute Antunes


 

0 Comentário(s) em “Programa 0 - Sete Maravilhas de Portugal e do Mundo”

Enviar um comentário
 

Criado por Pedro Nobre | Copyright © 2007 NA ESCURIDÃO DA NOITE. RTA :: Todos os direitos reservados